*Resposta num exame de física na Universidade de Aveiro*

by

“Isto é uma resposta de LUXO !! O Dr. X (vamos manter o anonimato na medida do possível), do Dep. de Física da Universidade de Aveiro é conhecido por fazer perguntas do tipo: Porque é que os aviões voam?”. A sua única questão na prova final de Maio de 1997 para a turma da cadeira de “Transmissão de Momento, Massa e Calor II” foi: “O inferno é exotérmico ou endotérmico? Justifique a sua resposta.” (ou seja, se o Inferno é um sistema que liberta calor ou que recebe calor). Vários alunos justificaram as suas opiniões baseados na Lei de Boyle ou em alguma variante da mesma, mas um aluno, entretanto, escreveu o seguinte: “Primeiramente, postulamos que, se as almas existem, então devem ter alguma massa. Se tiverem, então uma mol de almas também tem massa. Então, em que percentagem é que as almas estão a entrar e a sair do inferno? Eu acho que podemos assumir seguramente que uma vez que uma alma entra no inferno nunca mais sai. Por isso, não há almas a sair. Para as almas que entram no inferno, vamos dar uma olhadela às diferentes religiões que existem no mundo hoje em dia. Algumas dessas religiões pregam que, se não pertenceres a ela, então vais para o inferno. Como há mais de uma religião desse tipo e as pessoas não possuem duas religiões, podemos projectar que todas as pessoas e almas vão para o inferno. Com as taxas de natalidade e mortalidade da maneira que estão, podemos esperar um crescimento exponencial das almas no inferno. Agora vamos olhar para a taxa de mudança de volume no inferno. A Lei de Boyle diz que para a temperatura e a pressão no inferno serem constantes, a relação entre a massa das almas e o volume do Inferno também deve ser constante. Existem então duas opções: 1) Se o inferno se expandir numa taxa menor do que a taxa com que as almas entram, então a temperatura e a pressão no inferno vão aumentar até ele explodir. 2) Se o inferno se estiver a expandir numa taxa maior do que a de entrada de almas, então a temperatura e a pressão irão baixar até que o inferno se congele. Então, qual das duas opções é a correcta? Se nós aceitarmos o que a aluna Teresa Maria me disse no primeiro ano: “Haverá uma noite fria no inferno antes de eu ir para a cama contigo” e levando em conta que ainda NÃO obtive sucesso na tentativa de ter relações sexuais com ela, então a opção 2 não é verdadeira. Por isso, o inferno é exotérmico.” O aluno António José tirou o único “20” na turma.

2 Respostas to “*Resposta num exame de física na Universidade de Aveiro*”

  1. sofiacoelho Says:

    Onde é que eu já vi este texto?! Humm..vou pensar..hum… Eheh! Mas resposta está muito fixe. Claro que os comuns mortais que se atreverem a responder assim arriscam-se a ter negativa, mas enfim…
    Ei!! Fui a 1ª a comentar neste blog. Uau!!
    Bem, era só isto.

  2. Jorge Says:

    eu gostava é de ter conhecido a maria teresa, de certeza q o inferno passava logo a ser endotérmico:)

Deixe uma Resposta para sofiacoelho Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: