Haze – The Game

by

“Haze é um jogo de tiro em primera pessoa, que se passa no ano de 2048, na América do Sul, em meio a uma guerra urbana, na qual, de um lado, está um grupo rebelde e, de outro, a cooporação Mantel, assumindo o comando militar no lugar do governo local, que não conseguiu conter a crise. O jogador assume o controle do Capitão Shane Carpenter, um dos membros da força elite da Mantel, o qual, como os outros militares, acredita estar lutando por uma causa justa, até que começa a se questionar sobre o que realmente está ocorrendo naquela guerra.
A Mantel Global Industries é um dos maiores grupos cooporativos industriais que existe no futuro e domina o setor farmacêutico. As pesquisas da empresa, nesse ramo, levaram ao desenvolvimento do Nectar, um suplemento alimentar preparado para os soldados terem uma performance melhor em combate. O medicamento dá ao personagem uma série de habilidades: permite que os inimigos sejam identificados facilmente, que o sistema de mira seja melhorado, que o jogador evite um ataque iniminente e que, finalmente, utilize um golpe poderoso durante o combate.
A campanha de Haze pode ser jogada no modo singleplayer ou no cooperativo com até quatro jogadores e os usuários podem entrar e sair do jogo a qualquer momento, pois a inteligência artificial tomará o seu lugar. Há ainda o modo competitivo, que suporta até 24 jogadores, disponibilizando diversas partidas, como deathmatch, team deathmatch e team assault. No modo competitivo, pode-se entrar no time dos rebeldes ou da tropa da Mantel e os cenários são baseados nos episódios da campanha principal, sendo que cada mapa tem objetivos específicos e um enredo particular.
Essas configurações, aliadas aos gráficos e física compatíveis com a nova geração de consoles, fazem de Haze um título interessante para os fãs de um jogo de tiro que apresenta um enredo maduro e envolvente.

www.hazegame.com

Etiquetas: , , , , , , ,

5 Respostas to “Haze – The Game”

  1. cosmos2k4 Says:

    Experimentei o jogo e posso dizer que na minha opinião, depois de tantos meses de expectativa e publicidade, o jogo acaba por desiludir bastante. Especialmente quando já se jogou Call of Duty 4, Black, Rainbow Six Vegas 2 e quando está na calha Killzone 2.
    O jogo Haze é muito do mesmo, sem inovações com cenários pré programados (temos uma selva enorme, mas só um caminho pra percorrer. não podemos andar por montes e vales porque o nosso personagem sofre de um problema grave que é não bater contre paredes invisiveis quando se anda muito para os lados). falta dizer que o facto de sermos uns viciados em nectar não traz nada de novo ao jogo.
    um abraço

  2. Tiago Says:

    Não faço a mínima. Eu não jogo e mesmo que quisesse no meu pc não rolam coisas pesadas como estas… Só pus aqui porque sei que é uma especulação muito grande em torno do jogo…

  3. cosmos2k4 Says:

    Isto não era uma critica ao blog (sou leitor assiduo) apenas foi uma tentativa de complementar o post. Faltou dizer que joguei na PS3.
    Um abraço

  4. cosmos2k4 Says:

    p.s. – na frase em que escrevi “…grave que é não…..” o “não” está lá por engano.
    O problema é mesmo o personagem bater em paredes invisiveis. lol

  5. Tiago Says:

    Sim claro. E é aceite como todas as outras.. O bom disto é desde 1974 podemos dar a nossa opinião. Nem que seja dizer que o homem tem uma grave doença que é bater em paredes invisíveis… loool Já estou a ver o tipo de jogo.. Mas também não é do meu estilo.. Continua a visitar-nos, como é para ti, é de borla… loool Grande Abraço

Deixe uma Resposta para cosmos2k4 Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: